7 Filmes Cults na Amazon Prime Video

Apesar de possuir um catálogo relativamente desorganizado, é possível encontrar obras bastante interessantes e “cults” na Amazon Prime Video. Em uma postagem com indicações de filmes cults na Netflix, eu comento sobre a possível definição desse termo.

Se você está procurando por obras mais alternativas no streaming da Amazon, esses longas possivelmente irão te interessar:


ENIGMA DO PODER (1998) – Abel Ferrara

Baseado em um conto do escritor cyberpunk William Gibson, Enigma do Poder propõe uma narrativa experimental que dialoga com várias tendências do cinema contemporâneo na virada do milênio.

Abel Ferrara concilia o drama da história com uma experiência audiovisual de imagens, texturas e sons que coloca o espectador em um estado imersivo.


SELVAGENS DA NOITE (1979) – Walter Hill

O longa de Walter Hill possui uma relação muito ambígua entre realismo e fantasia.

Com cenas de ação e luta que remetem ao rigor de um diretor como Robert Bresson, o cineasta propõe um mundo de caracterização muito única em que diferentes gangues se confrontam.

SUSPIRIA (1977) – Dario Argento

Em uma das maiores obras do cinema de terror, Dario Argento impõe uma visão assumidamente maneirista do gênero.

Através de um uso muito característico das cores, o italiano cria cenas sombrias e, ao mesmo tempo, visualmente expressivas ao narrar a história de uma americana recém chegada em uma escola de dança na Alemanha.

FOGO CONTRA FOGO (1995) – Michael Mann

Apesar de ser conhecido pelo realismo de suas cenas de ação, Fogo Contra Fogo constrói um drama muito minucioso ao retratar o embate entre um detetive vivido por Al Pacino e um ladrão de bancos interpretado por Robert De Niro.

O cineasta integra muito bem o espaço urbano em suas sequências, fazendo das ruas de Los Angeles um lugar de perigo e, ao mesmo tempo, beleza.

LADRÕES DE BICICLETA (1948) – Vittorio De Sica

Nesse grande clássico do neorrealismo italiano, Vittorio De Sica explora o individualismo e a desolação no contexto do pós-guerra na Itália.

Apesar do enredo simples, o cineasta explora muito bem os ambientes da cidade e as situações que o protagonista e seu filho vivem.


BOCA DE OURO (1963) – Nelson Pereira dos Santos

Baseado na peça de Nelson Rodrigues, o filme de Nelson Pereira dos Santos conta com um elenco icônico ao retratar a vida de um bicheiro.

O cineasta se utiliza de uma abordagem moderna para enfatizar o drama e a violência da premissa.


GHOST IN THE SHELL (1995) – Mamoru Oshii

A animação de Mamoru Oshii possui um plot que mistura ficção científica com o gênero policial ao mesmo tempo que propõe uma visão existencialista de sua protagonista.

O cineasta articula muito bem um lado mais dinâmico e expressivo do anime com uma delicadeza na abordagem intimista da personagem.