Os Principais Enquadramentos do Cinema

O QUE É UM ENQUADRAMENTO?

Enquadrar é o ato de selecionar uma parte do elemento que será filmado.

Por exemplo, caso você queira filmar um plano fechado no rosto do personagem, você faz um close-up. Caso você queira filmar um plano aberto, mostrando o corpo do personagem e o cenário em que ele se encontra, você faz um plano geral.

Conheça, nesse artigo, os principais enquadramentos do cinema:

.
ESTABLISHING SHOT (PLANO DE ESTABELECIMENTO)

 

Cidadão Kane (1941)

O objetivo desse enquadramento é identificar o local onde a cena irá se passar.

É bastante didático e ajuda o espectador a se localizar na cena, porém pode e deve ser utilizado de maneira criativa.

.
PLANO GERAL EXTREMO

As Vinhas da Ira (1940)

O plano geral extremo ainda é um enquadramento muito aberto, mas que funciona de forma diferente do establishing shot.

Ele não tem a intenção, necessariamente, de apresentar o local em que a cena se passa, mas mostra o ambiente de uma longa distância para reforçar as dimensões do local da cena.

.
PLANO GERAL

Um Corpo que Cai (1958)

O plano geral é um enquadramento aberto, mas um pouco mais próximo dos personagens.

Conseguimos ver tanto o cenário em que se passa a cena, como também o corpo inteiro dos personagens. Não se veem exatamente os detalhes das expressões, mas em alguns casos a intenção delas.

.
PLANO GERAL MÉDIO

O Iluminado (1980)

O plano geral médio ainda é um enquadramento aberto, mas um pouco mais próximo dos personagens.

Ele enquadra os personagens da altura dos joelhos para cima, de modo que o espectador é capaz de perceber melhor as feições de quem está em cena e ainda identificar o cenário.

.
PLANO AMERICANO

Por um Punhado de Dólares (1964)

Essencialmente, o plano americano pode ser considerado um plano geral médio. Porém, em certos casos, ele mostra o personagem da altura da coxa para cima.

Dessa forma, é um pouco mais fechado que o anterior. Foi muito utilizado em filmes de faroeste para enquadrar os personagens e suas armas.

.
PLANO MÉDIO

Rastros de Ódio (1956)

O plano médio mostra o personagem da cintura para cima.

É uma opção boa para focar no personagem, captar mais suas expressões e ainda localizar o espectador com alguns elementos do ambiente.

.
CLOSE-UP MÉDIO

O Iluminado (1980)

Neste enquadramento, a câmera mostra o personagem da altura do peito para cima, sendo um pouco mais próximo que o plano médio.

Se o diretor vai filmar um diálogo entre duas pessoas e quer dar mais atenção à reação de uma delas, ele pode filmar uma pessoa em plano médio e a outra (a que se quer evidenciar), em close-up médio.

.
CLOSE-UP

Corpo Fechado (2000)

O close-up é um enquadramento mais fechado no rosto. O rosto do personagem ocupa o plano inteiro ou, em alguns casos, ainda vemos uma parte do seu ombro.

Nesse enquadramento percebemos com bastante clareza a expressão do personagem e não temos tantas informações visuais sobre o cenário.

.
CLOSE-UP EXTREMO

Kill Bill – Volume 1 (2003)

O close-up extremo é um enquadramento que não filma apenas o rosto, mas se aproxima ainda mais e mostra algum detalhe desse rosto.

Ele pode realçar, de forma minuciosa, um olhar ou uma expressão mais específica. Também pode ser usado para filmar objetos e ter o nome de plano detalhe.