A arte do blockbuster

Um filme do Michael Bay possui qualidades artísticas? E se sim, que qualidades seriam essas? O crítico e filósofo Steven Shaviro enxerga nos trabalhos de diretores como Michael Bay e Tony Scott uma tendência em ignorar os efeitos habituais da continuidade cinematográfica. Um cinema que preza pelos seus efeitos imediatos e concebe uma relação de pós-continuidade com o tempo e o espaço.