Oficina de Videoarte em software livre

 

 

 

 


DESCRIÇÃO DA OFICINA

A partir da prática do artista ministrante Arthur Tuoto, será proposta uma imersão teórica e prática dentro do universo do vídeo, incentivando o aluno a explorar sua subjetividade perante o real: ressignificando o cotidiano, captando flagrantes e testemunhos inusitados, lidando com a matéria real em sua tenra fragilidade.

O curso funciona como uma oficina de percepção e olhar que tem como finalidade o entendimento da videoarte não apenas como um gênero experimental do cinema, mas também como um dispositivo revolucionário na arte contemporânea, no cinema e nas novas tecnologias. Um dispositivo capaz de influenciar a nossa relação com qualquer gênero de imagem, desde uma simples vinheta na TV até obras complexas e ensaios audiovisuais, passando ainda por videoclipes, performances e narrativas experimentais.


PROGRAMA DE AULAS

AULA 01 – Aprendendo a olhar: Experimentos anteriores à videoarte e primeiros exercícios.
Artistas analisados: Maya Deren, Stan Brakhage, Wolf Vostell, Artavazd Pelechian, Bruce Conner, Peter Campus, Bill Viola, Nam June Paik.

AULA 02 – Vídeo Brasileiro
Artistas analisados: Letícia Parente, Arthur Omar, Cao Guimarães, Roberto Bellini, Wagner Morales, Marcellvs L, Carlosmagno Rodrigues, Daniel Lisboa.

AULA 03 – Filme Ensaio: Confissão, Memória e Identidade através da narrativa subjetiva.
Artistas analisados: Chris Marker, Agnès Varda, Jonas Mekas, Sophie Calle, Jean-Luc Godard, David Perlov.

AULA 04 – Princípios de Montagem e Aula Prática.
Tendo como base as aulas anteriores, os alunos deverão trazer um material filmado e ideias próprias para a realização de uma obra em vídeo. A partir de princípios básicos de montagem apresentados pelo artista ministrante, utilizando-se do software livre KDEnlive, cada aluno irá iniciar a produção de um trabalho autoral de videoarte.

AULA 05 – Prática: Conclusão dos Trabalhos e Discussão Final.
Montagem e finalização das obras individuais. Análise geral de como as teorias discutidas em aula se inserem nos trabalho concluídos.